Teatro Contemporâneo e Amor – Para ver “Amores Difíceis”

Imagem

Amores Difíceis (Marco Novack)

Mariana M. Braga (Com Informações de Fernando de Proença)

O amor já ganhou diversos significados, conceitos e características, moldados pela cultura, pelo tempo, pelas novas rotinas. E há outras ideias sobre ele que são universais e se mantêm com o passar dos anos. Amores difíceis, da Súbita Companhia de Teatro, fala sobre o amor na contemporaneidade. Para criar a peça que estreia dia 18 de Abril, o grupo se dedicou a muita pesquisa, que começou com os contos de Ítalo Calvino. A pesquisa e a criação em grupo são, aliás, algumas das características de trabalho da companhia, assim como o estudo do Teatro Físico, com base nos métodos Viewpoints, Suzuki e dramaturgia do corpo.

Em cena há um jogo que mescla verdade e ficção, onde atores e personagens compartilham intensas relações dramáticas. A Súbita promete trazer o tema, já tão trabalhado na arte, na filosofia e na ciência, de uma forma diferente: privilegiando a liberdade que lhe é característica.

Amores Difíceis é uma ótima ocasião para ver o bom teatro contemporâneo e rever – de uma nova forma – o já tão banalizado tema do amor.

– AMORES DIFÍCEIS

Direção: Maira Lour. Elenco: Alexandre Zampier, Helena Portela, Janaina Matter e Pablito Kucarz. Produção: Pró Cult / Michele Menezes

de 18/04 a 19/05 (de quinta a domingo às 20h)

no Teatro Novelas Curitibanas.

Entrada FRANCA.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s